Talvez na casa de nossas avós (talvez bisavós) tenha existido uma sala de jantar. Sim, uma sala de jantar… Daquelas projetadas (e decoradas) exclusivamente para a família sentar-se à mesa, sem sofá e sem TV, pra não dividir as atenções. Como as casas e apês de hoje em dia (de simples mortais como nós) não são […]Continuar lendo
Já foi ao Morar Mais esse ano? Ainda não? Acho que você deveria, viu?! 🙂 Principalmente para prestar atenção em um ambiente em particular, o Apê Americanas.com, projeto das talentosas arquitetas da Garimporio (Natasha Frota, Rafaela Lucena e Andrea Brito) em parceria com uma das maiores lojas de varejo do Brasil. Mas porque te digo […]Continuar lendo
Esse ano o Morar Mais Rio 2015 vem com uma homenagem pra lá de especial, os 450 anos do nosso amado Rio de Janeiro! Em vários ambientes da mostra é fácil perceber elementos cariocas fazendo alusão a data. E não foi diferente no Apê Americanas.com, ambiente cheio de bossa projetado pelo trio de arquitetas do […]Continuar lendo
Já reparou que as decorações mais bacanas que vemos por aí tem algum item “por extenso”. Rs É verdade, pode reparar! Pensou em deixar a casa descolada? Então use e abuse de letras, palavras ou mesmo frases na decoração. Aqui em casa já faz um bom tempo que venho reunindo peças que “falam” bastante sobre […]Continuar lendo
Esteja preparado: O dia mais romântico do ano se aproxima!!! Nada de deixar pra última hora o planejamento dessa data tão especial e trate logo de colocar em prática seu plano secreto pra deixar sua paixão ainda mais apaixonada.  Tenho certeza que você está caprichando com força, certo? Eu disse, CERTO???!!! kkkk Se você é […]Continuar lendo
Eu não consegui chegar até o final.   NÓS é que conseguimos!!! Foi assim no plural, do começo ao fim, que entregamos pronta nossa primeira casa do projeto Decoração Solidária Decorviva (relembre aqui como tudo começou). Em dois dias, um sábado e domingo do mês passado, uma legião de seres humanos incríveis resolveram entrar na […]Continuar lendo
Me lembro como se fosse hoje o dia em que eu percebi que havia chegado no meu limite. Era uma tranquila tarde de sábado, um dia que parecia comum como outro qualquer. Mas foi nesse dia de aparente normalidade que me vi tomando atitudes extremas e desesperadas: Cortei 10 pedaços de madeira usando uma serra […]Continuar lendo