Meu nome é Heloisa, sou uma paulista morando a cinco anos no interior do Rio Grande do Sul. Meu interesse por decoração surgiu quando casei e me mudei para cá. 
Meus amigos me perguntam de onde veio meu talento para decorar (não quero me gabar, mas é o que eles dizem!), e eu costumo responder que é porque tenho formação em Moda, outro ramo do design, não tão distante da decoração assim. Eu gosto de coisas bonitas, coisas que alegram o olhar, e me sinto bem vivendo num ambiente organizado e harmonioso. 
Minha inspiração, bastante óbvia, é o design escandinavo. Gosto de muito branco e preto, com toques coloridos, e sou meio obcecada por luminosidade. Minhas principais referências são os sites das revistas Bolig e Hus & Hem, vários blogs escandinavos e o blog Door 16 (este último é americano, mas me identifico muito com estilo da Anna Dorfman). 
Outra coisa que adoro são móveis vintage. Tenho alguns herdados da minha avó e outros que garimpei em briques (é como chamamos as lojas de móveis usados aqui no RS). Adoro ir aos briques, fuçar e descobrir coisas bacanas. 
Meu apartamento é alugado, por esse motivo não é tudo exatamente do jeito que eu gostaria que fosse, mas eu me viro do jeito que dá. Sou feliz com o que consegui até agora. Porém, acredito que decoração não é uma coisa estática, está mais para “work in progress” – a gente sempre quer mexer em algo, melhorar algo aqui ou ali, encaixar uma peça legal que encontramos no brique e por aí vai. Por isso, tento não ficar ansiosa. Estou decorando minha casa lentamente, conforme surge uma ideia, uma inspiração, ou conforme o dinheiro permite. 
A sala!
O par de poltronas e a cristaleira com patas agulha (pés palito aqui onde moro – adoro essas expressões gaúchas, hehe) são achados do brique. A mesinha de patas agulha é herança da vó – e ficou perfeita entre as poltronas, não? 
Os quadros da minha parede galeria são meu pedaço favorito da decoração da sala. Eu sonhei com uma parede assim por alguns anos, estava só esperando juntar quadros suficientes. Também adoro minhas prateleiras onde ficam meus livros, CDs e toy art, gosto do colorido que elas têm.  
O destaque do meu hall de entrada é esse gaveteiro azul. Encontrei-o num brique, literalmente caindo aos pedaços. Ninguém daria nada por ele, mas agora, alguns reparos e demãos de tinta azul depois, ele encanta muita gente. 
Nos quadrinhos acima da lareira estão fotos da minha viagem de lua-de-mel. Também tenho um pôster com uma foto enorme minha e do meu marido, que é o item de gosto mais duvidoso da decoração da minha sala, mas essa foto me faz feliz quando eu olho para ela, então me deixem, tá? 🙂

O quarto!

Meu quarto é o cômodo mais calmo da casa, não quis colocar muita cor nele, nem enfeitá-lo muito. O armário e a cômoda vieram da casa da minha avó. Esta última eu mandei pintar de preto fosco recentemente, achei que ficou linda. Os quadros acima da cama foram feitos por mim. 

O outro quarto do meu apartamento é um misto de escritório e closet. Meu próximo projeto é mexer na parte do escritório, de modo que ele possa acomodar meu marido e eu ao mesmo tempo, e também deixá-lo mais bonito. 


A cozinha!
A mesa da cozinha foi comprada num brique. Não sei por que, o dono do brique tinha passado um produto na mesa para escurecer a madeira. Eu achei que a mesa tinha potencial e quis comprar. Pedi para um restaurador lixá-la até voltar à sua cor natural (um tom de madeira lindo), porém, o produto escuro estava de tal forma impregnado na madeira que ela ainda ficou com umas manchas pretas. Foi aí que resolvi fazer essas listras brancas diagonais, para disfarçar as manchas. Adorei o resultado!

Aproveitei que estava mexendo com a tinta branca e pintei parte do banquinho, que acabou ficando bem mais charmoso. A cadeira azul também foi comprada no brique e foi a primeira vez que me aventurei em pintura de móveis, até pintei umas flores nela, ficou bem fofa. 

Minha última aquisição foi a geladeira. Todo mundo estranhou quando eu disse que queria uma geladeira preta, mas eu fiquei muito feliz com ela. 
♥ Gente do céu! Inspiração pura a casa da Helô né? Básica, charmosa, contemporânea e super antenada do jeitinho da dona! Um lindo exemplo de como a nossa casa pode e deve ser a tradução do que somos e gostamos! Concorda, discorda, ou ainda está em cima do muro? 🙂
♥ A Helô tem um blog de moda, o bacanérrimo Tomboy versus Girlie, que eu conheci há pouco tempo mas já fiquei fã. Lá ela posta as novidades de seu “lar doce lar” também. Se quiserem ver mais ou saber das próximas mudanças, é só acompanhar!  No Instagram a Helô é @heloarruda. Segue lá! 

Fotos: Heloisa Arruda

Comentários

Comentários